segunda-feira, 3 de agosto de 2009

TRANSFERÊNCIA


Espetáculo solo de teatro-dança contemporânea inspirado na obra de Irvin D.Yalom, “Quando Nietzsche chorou”. Transferência representa a busca por um caminho. Caminho que passa pelo interior humano, suas incertezas, suas verdades momentâneas e suas mentiras inocentes. Um mergulho no escuro profundo, na fossa alimentada pelo desejo e compaixão de um ser por si mesmo.
A coreografia, inspirada em trabalhos de Ivan Motta, Daggmar Dornelles, Nick Lazzarini e Mario Nascimento, busca um jogo interno. Esse jogo surge através da substituição do aprisionamento cego em que se vive, causado pelas trivialidades, por uma curiosidade quase insana pela busca do desconhecido. Transferência oferece uma perspectiva para os dilemas emocionais dos seres humanos, através de um indivíduo, que não consegue ser feliz, que não sabe quem realmente é ou o que quer, mas que ainda é capaz de dirigir a si mesmo.


“Você quer saber voar? Mas não se pode começar voando. Primeiro tenho que lhe ensinar a andar. E o primeiro passo ao aprender a andar é entender que quem não obedece a si mesmo é regido por outros. É mais fácil, muito mais fácil, obedecer a outro do que dirigir a si mesmo”


FICHA TÉCNICA
Direção: Letícia Paranhos
Coreografia: Letícia Paranhos
Elenco: Letícia Paranhos
Produção: Luciana Ibarra
Fotografia: Marina Yumi Fujiname
Captação e edição de Imagem: Luciano Valério

Nenhum comentário:

Postar um comentário